A Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) confirmou nesta sexta (23), o valor de R$ 1.499.600,00 para a compra de materiais de expediente. O gasto ocorre em meio à pandemia de coronavírus, quando a Casa funciona com limitações e as sessões ordinárias são realizadas por videoconferência. Os deputados estão em recesso parlamentar até 11 de agosto.

O pagamento será dividido da seguinte forma: R$ 43.600,00 serão para a empresa Thorres Comércio E Serviços Eireli. O restante será pago para a H.S Neves Junior, dividido por lote, sendo um lote de R$ 93.000,00, o segundo R$ 850.000,00, o terceiro R$ 353.000,00 e o quarto e último de R$ 160.000,00, totalizando R$ 1.499.600,00.

O presidente da ALE-RR, Soldado Sampaio (PCdoB), em seis meses à frente da presidência, tem fechado contratos milionários, entre eles está este de quase R$ 1,5 milhão para a aquisição de materiais de expediente e um de R$ 2 milhões com serviços bancários, o qual será com dispensa de licitação. 

Mais gastos

Sampaio também pretende gastar R$ 216 mil com aluguel de um imóvel, cerca de R$ 250 mil na aquisição de utensílios de cozinha e por R$ 327.644,40 contratou uma empresa de gêneros alimentícios para fornecer produto como achocolatado, biscoitos recheados, rosca com sabor de coco, açúcar, café, adoçante, chá, leite líquido e em pó, entre outros.

Fonte: O Poder

Share.