O deputado estadual Fausto Jr. (MDB) acusou o senador Omar Aziz (PSD) de usar a presidência da CPI da Covid nesta quinta-feira, (15) para perseguir adversários políticos.

A reação do deputado Fausto ocorreu após o senador Aziz apresentar uma notícia-crime contra a mãe do deputado na Polícia Federal, conselheira do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), Yara Lins.

O deputado depôs na Comissão no dia 29 de junho e diz que “em nenhum momento atacou a família do senador”.

“Ele (Omar) tenta, a todo custo, atacar quem diz a verdade”, afirmou o deputado, que criticou o envio da denúncia, “enviaram uma notícia crime cheia de erros de português, com informações falsas, documentos incertos e cheia de suposições infundadas”, afirmou Fausto.

No discurso no plenário da Assembleia Legislativa, Fausto ressalta que o senador é comprovadamente corrupto. “Quem diz isso é a Polícia Federal e a Justiça Federal. O povo do Amazonas sabe quem é o senador Omar Aziz, de onde ele veio e o seu ‘modus operandi”, denunciou Fausto Jr.

Fonte: Zero Hora AM

Share.