Cármen Lúcia foi sorteada para relatar a ação apresentada ao STF para obrigar o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a determinar a prorrogação da CPI da Covid.

O pedido foi levado à corte pelos senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Jorge Kajuru (Podemos-GO).

Na semana passada, o vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), apresentou pedido de prorrogação das investigações por mais 90 dias. O requerimento teve o apoio de 34 senadores, sete a mais que o número mínimo exigido.

Apesar disso, Pacheco disse que iria analisar a solicitação apenas no início de agosto.

O movimento feito por Vieira e Kajuru é semelhante ao da instalação da CPI da Covid. Pacheco não queria o funcionamento da comissão, mas foi obrigado a autorizar os trabalhos do colegiado por determinação do STF.

Share.